Brasil declara fim do estado de emergência por causa do Zika

O Governo brasileiro declarou o fim do estado de emergência sanitária que foi decretado em Novembro de 2015 devido ao aumento do número de contágios pelo vírus Zika e da microcefalia em bebés provocados pelo vírus.

Brasília decidiu retirar o estado de emergência depois de se ter registado uma descida do número de casos nos primeiros meses do ano e pelo facto de o vírus já não constituir uma situação inesperada ou fora do comum. Ainda segundo os critérios da Organização Mundial da Saúde (OMS) o Brasil não preenche mais os requisitos exigidos para manter o estado de emergência.

O país registou um queda de 95% no número de casos do vírus Zika entre Janeiro e Abril deste ano, em comparação com o mesmo período do ano passado. Até Abril de 2016, foram notificados 170 mil casos, contra os cerca de 79 mil registados em 2017.

Entretanto o fim do estado de emergência deixou os investigadores preocupados porque temem que com essa medida as medidas preventivas serão reduzidas e as vítimas do Zika esquecidas.
É que o Brasil foi um dos países mais afectados em todo o mundo pela propagação do Zika e pelo aumento do número de bebés que nasceram com microcefalia ou outras anomalias causadas pelo vírus, depois de a progenitora ter sido contagiada.

C/agências

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here