Gomes garante que a CV Airlines vai colocar ATRs para fazer conexão interna

O deputado nacional João Gomes garante que a Cabo Verde Airlines está na disposição de colocar ATRs para fazer a conexão entre os voos internos com os externos, caso a Binter CV não conseguir resolver este problema. Este eleito do MpD por São Vicente revelou à imprensa hoje no Mindelo que tem havido reuniões ao mais alto nível entre o Governo e a direcção da Binter nas Canárias, no sentido de resolver este problema. No entanto, caso não se encontrar uma solução, a CV Airlines equaciona trazer aviões para assegurar estas ligações e assim alimentar o hub do Sal.

É que, de acordo com Gomes, o problema de entrada e saída de São Vicente tem a ver com a falta de conexão dos voos internos com os externos. “Já me aconteceu viajar de São Vicente e dormir no Sal, para seguir no dia seguinte para Lisboa. É inadmissível. Mas o Governo está atento e sei que em Abril realizaram-se três reuniões nas Canárias para se tentar encontrar uma solução. Não tenho detalhes, mas sei que a CV Airlines está na disposição de colocar ATRs no país para assegurar as ligações internas”, assegura.

Este eleito explica que o hub aéreo de Cabo Verde está baseado no Sal, que é uma opção do Governo. No entanto, para o alimentar , é preciso que haja conexão interna. É neste sentido que a CV Airlines pretende colocar ATRs no país, caso não se resolver com a Binter a questão da conexão. “Não estamos satisfeitos. Mas pedimos aos sãovicentinos que nos deem o benefício da dúvida. Encontramos uma empresa em situação que todos sabemos, mas não podemos naufragar em lágrimas do passado. A CV Airlines já está a funcionar bem a nível internacional. Agora, se em relação à conexão não está a funcionar, a CV está na disposição de garantir estas ligações internas.”

Enquanto isso, Gomes aponta a TAP e a TUI como alternativa viável para as gentes do norte. Segundo diz, a companhia aérea portuguesa tem voos diários entre São Vicente e Lisboa. Já a TUI faz duas ligações semanais entre Holanda e Mindelo. “Os cabo-verdianos que vivem em Holanda, França e outros países próximos conseguem viajar regularmente pela TUI. A CVA ainda não faz voos Lisboa-São Vicente, mas é preciso dizer que os passageiros da TAP não são propriamente os nossos emigrantes. Tem a sua clientela própria. Nenhuma empresa pode se dar ao lux de excluir uma ilha ou um determinado ponto da sua rota. As companhias aéreas querem é lucro.”

No caso de São Vicente, este indica que a ilha tem apenas mil camas e que o Executivo está a trabalhar para aumentar a capacidade de acolhimento com a construção de novos hotéis, pelo que no futuro é expectável uma maior procura. “Já temos os aviões Praia de Santa Maria e Baía do Tarrafal. Esperamos ter um dia um avião com o nome de Monte Cara. Mas esta não é a questão. Repito, os emigrantes que querem vir de férias, conseguem, via TAP ou TUI”, refere, reconhecendo no entanto que também sofre com os custos elevados porque viaja regularmente na rota S. Vicente-Lisboa.

Constânça de Pina

10 COMENTÁRIOS

  1. EM PRIMEIRO LUGAR ESTA FIGURA DE NOME JOÃO GOMES O QUAL GARANTO QUE NEM 1% DAS GENTES DE S.VICENTE O CONHECE (e todos os outros ditos deputados de MPD), NÃO REPRESENTA ESSA ILHA ONDE É APENAS UM ADVOGADOZINHO DE S. NICOLAU. SEGUNDO, DEVIA ERA PEDIR DEMISSÃO DESSE CARGO NÃO FOSSE ELE UM CARA QUE DISSE TANTO FAZ ONDE ESTEJA A SEDE DO HUB MARÍTIMO APÓS O SEU PARTIDO TER DESVIADO PARA PRAIA. O POVO DE SV VAI SAIR ÀS RUAS E VAMOS EXIGIR NÃO SÓ VOOS MAS AUTONOMIA TOTAL DESTA ILHA QUE TEM DE TER O LEME DO SEU DESENVOLVIMENTO QUE TEM SIDO BLOQUEADO PELO PAICV E MPD AO LONGO DE DÉCADAS. DEPUTADOS QUE NÃO ALINHAREM CONOSCO NESSA MANIFESTAÇÃO BEM COMO O PRESIDENTE DA CÂMARA DEVEM SER DEMITIDOS E VAMOS EXIGI-LO!!!!!

  2. “Este eleito explica que o hub aéreo de Cabo Verde está baseado no Sal, que é uma opção do Governo.” Afinal quem gere a CVAirlines? Nao viajar para S.Vicente, afinal é opçao de quem? “A CV Airlines já está a funcionar bem a nível internacional.” Isto beneficia quem? Quem vive na Lua ou em Marte? S.Vicente, Santo Antao, S.Nicolau?

  3. Este Sr. Falou. falou e não disse patavinas.Vê-se bem que é um politico de quinta categoria como os há muito por aquí. Como sabe que vai a Cabo Verde Airlines pôr ATRs a fazer ligação entre as ilhas? Será que o ATR é o único avião neste segmento?

  4. Infelizmente não se pode pedir paciência ao povo de S.Vicente.
    O povo vai cobrar
    O governo foi eleito com base em promessas reais, com toda a informação que se impunha e os principais governantes não entraram neste mundo ontem.

    Os empresários e as empresas de S.Vicente estão a pagar caro.

    Quanto a TAP faz e bem o seu papel

    A nova TACV não serve os Caboverdianos em igualdade de oportunidades.

  5. (…) o hub no Sal e a roubalheira na Praia.Com as mudancas o Pro Praia e os depitados exigiram ligacao Praia Estados Unidos e na barbara cara do Joao Gomes que nao defendu o meus para ilha que ele deveria representar no Parlamento.Deixou -se levar pela disciplina Partidaria ficou Caladinho da Silva. Mais tarde veio a ligacao Praia /Lisboa o Augusto Neves reagiu o Joao nem um Piu.

  6. … senhor Joao esta desorintado.A TAP explora os emigrantes que nao tem outros recursos. Vivo em Oslo viajar Oslo/Mindelo e duas veses mais caro que viajar Oslo /Fortaleza ou Oslo Senegal..Tudo isso porcausa de Deputados do calibre do Sr. Joao e outros refens do Pro Praia.
    Epoca baixa Oslo /Sao Vicente 6000 kr (70.000 esc)
    Epoca alta Oslo/Sao Vicente 12 a 15.000kr ( 170.000 escudos)
    Cala boca bo ba tra pull ne caisim

  7. Caro Deputado NACIONAL Dr Joao Gomes, o sr e natural de S. Nicolau podia dar uma ajudinha para melhorar o transporte de e para . a MARAVILHOSA Ilha de S. Nicolau. Junte-se aos outros embaixadores de S. N. Ilha que lhe viu Nascer e crescer. A MARAVILHOSA Ilha de S. Nicolau agradece.

  8. Vergonhoso. Só isso que devemos dizer meus caros. São Vicente já não tem hotéis, não tem emigrantes, não tem indústrias, não exporta, não tem correios, e não tem mais outras coisas… , e isso é que esse meliante lambe botas que pensa que é um deputado quer dizer. Razões pra termos voos da CVA em São Vicente São muitas:
    1— Os Voos de e para SV impulsiona toda a economia da zona Norte, permitindo que as empresas exportam mais e logo ganham mais. Muitas empresas estao passar por maus monentos com o cancelamento dos voos da CVA.
    2— O governo achou que não é rentável esses voos e os retirou. A TAP viu a situação, aumentou o número de voos (de 2 para 7 viagens semanais) pois essa empresa é séria e viu ali uma oportunidade de ganhar dinheiro. Aproveitou o isolamento das ilhas e aumentou os preços também.
    3— A TUI e TAP não são solução para o povo das ilhas do norte, pois, a maioria dos emigrantes, estudantes, negociantes do norte vão é para lisboa. Os preços dos bilhetes São insustentáveis, 3 a 4 vezes mais do que as praticadas na ilha do Sal e de Santiago.
    4— Esses deputados de m#&€a falam de mais e não dizem nada. Prometam melhorias para as ilhas do Norte, falam mentira com o mesmo sorriso falso dos comandantes Ulisses e Olavo e cometam os mesmos erros dos anos 90: venderam tudo e nos colocaram na fila do ovo, fila de arroz, fila de açucar, etc. Sobre este último, tivemos rutura de stock a dias, e fui colocar na fila pra relembrar os anos 90.

    Por isso e por outras razões que não voto neles.

  9. O pessoal da Praia inventou essa criatividade de participar on-line, usurpando a identificacao de natural de outras ilhas, conforme for a sua necessidade de dividir o pais.

    Foi como se fosse o seu pronto socorro.

    Só que, com a falta de argumentos sólidos para defenderem as suas vontades de totalitarismo, divisionistas e caprichosas, e, na pressa e ausencia de outras iniciativas criativas, ficam a aplicar o mesmo remédio para todas as necessidades.

    Agora, a ideia é, fingirem-se de (escreverem como se fossem) naturais de S.Nicolau, para cobrarem ao Joao Gomes por ser deputado de S.Vicente, para tentarem criar constrangimentos entre as duas ilhas (dividir foi sempre o seu principal argumento) e ao próprio deputado.

  10. Estou de viagem para a cidade da Praia vindo de Fortaleza e a fazer a reserva para minha surpresa descobri que não conexão entre as ilhas pela CV e nem sequer um acordo com a Binter Canárias cuja saída se dá quase 12 horas depois da chegada do voo da CV. Não é preciso ser muito inteligente para se dar conta de que esse hiato se dá pela desconfiança da Binter em aceitar os passageiros provenientes da CV com pouco tempo hábil para uma conexão segura. E a desconfiança é tão grande que a Bínter Canárias nem sequer tenta fazer um acordo para ressarcimento dos prejuízos se houver despesas por atraso. Na verdade trata-sede um caso descarado de “dane-se o cliente, que espere horas” das duas companhias.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here